Carlos Marques

Carlos Marques nasceu em Pessegueiro do Vouga em 1973. Começou a sua aprendizagem musical na Banda União Musical Pessegueirense. Mais tarde, começou a estudar trompete no Conservatório de Música de Aveiro. É licenciado em Teoria e Formação Musical pela Universidade de Aveiro. Como trompetista, foi, durante 9 anos, elemento da Orquestra Ligeira do Exército

Frequentou o Master Degree in Band, Brass Band and Fanfare Band Conducting com Alex Schillings no Royal Conservatory of Music of The Hague, Holanda,e o Mestrado em Direção na Universidade de Aveiro. É doutorando em Direção na mesma Universidade sob orientação de António Lourenço.

Frequentou cursos e masterclasses de direção com Tijmon Botma, Klaas van der Houde, Robert Houlihan, Alex Schillings, Ernest Schelle e Vasco Pearce de Azevedo.

É diretor artístico da Banda Amizade – Banda Sinfónica de Aveiro e maestro, desde 2016, da Banda União Musical Pessegueirense. Conquistou diversos prémios e menções honrosas em Concursos de Bandas, quer em Portugal quer no Estrangeiro. Dirigiu as Orquestras do Conservatório da Jobra (Sinfónica, Sopros e Cordas).

Foi docente no ISEIT Jean Piaget de Gaia, Viseu e Mirandela, nas Escolas Superiores de Educação Jean Piaget de Viseu e de Gaia e no Conservatório de Música da Jobra. Atualmente é docente no Conservatório de Música do Porto.

É frequentemente convidado para dirigir em Portugal, Espanha, Holanda, Suíça e Itália, maioritariamente cursos e estágios para jovens instrumentistas. É, também com frequência, convidado como docente em cursos de direção em Portugal, Itália e Suíça.

É compositor, sendo editado pela Molenaar Editions BV (Holanda). Tem participado como júri em vários concursos e é regularmente convidado como conferencista em diversos eventos organizados por Universidades, Conservatórios, Fundações, Federações de Bandas e Bandas.

powered by:BandaGest